Quero vender um apartamento: por onde começo?

Se primeiro indagou-se: “Quero vender um apartamento”, seguramente a questão seguinte foi: “por onde começo?”. A decisão mais difícil, pelo menos, já foi tomada. Nem sempre é fácil decidir por vender um imóvel e dar início a todo o trâmite burocrático que isso envolve.

Embora o trajeto até a escritura possa ser longo e cheio de dúvidas, se estiver munido de todas as informações referentes a cada etapa, poderá atravessá-las sem grandes dores de cabeça. Hoje, a Housefy reuniu tudo o que precisa saber para dar os primeiros passos na venda do seu apartamento.

Qual valor pedir pelo imóvel?

Muitos proprietários encontram dificuldades em colocar um preço no seu imóvel. Se colocam um valor baixo, perdem dinheiro na transação. Ou, do contrário, se cobram um valor alto, não conseguem vendê-lo. Nessa etapa, é necessário deixar o apego de lado e seguir o bom senso para encontrar um valor coerente com o mercado.

Uma maneira de chegar num valor é fazer uma avaliação de imóveis online. De maneira rápida e confiável, essas ferramentas usam índices do mercado aliados a informações sobre a região e as características do imóvel para dar uma sugestão de preço.

Outra forma de encontrar um valor é comparar o seu imóvel com outros de características semelhantes. No momento de avaliar, o ideal é que se compare com outros 2 ou 3 apartamentos, sempre com características e condições semelhantes ao do seu. A partir disso, consegue tirar uma conclusão sobre valores.

Leitura recomendada: Como posso vender a minha casa depressa? Confira 15 dicas eficientes

Reunir os documentos

Para ganhar tempo no futuro, reúna desde o princípio todos os documentos que serão necessários para que o processo de venda seja concluído. É importante que eles estejam dentro da validade.

Caso não tenha o certificado energético do seu imóvel, faça o quanto antes! Isso porque a legislação portuguesa não permite que um imóvel seja colocado à venda sem certificado energético. Seja particular ou através de mediador imobiliário, ambos estão sujeitos a multa se não fornecerem esse documento.

Imobiliária ou particular

Uma outra decisão importante a se tomar é escolher se venderá por mediação imobiliária ou por particular. Ambos têm vantagens e desvantagens.

As imobiliárias, por exemplo, possuem experiência no processo de venda de imóveis e sabem como divulgá-los, porém, cobram uma comissão que chega a ser abusiva, fazendo com que o proprietário saia prejudicado financeiramente na transação.

Vender sozinho é uma solução para fugir das altas comissões, mas pode deixar o proprietário a mercê de toda a burocracia. Se não tem familiaridade com o processo de venda, perde-se muito tempo para entender cada etapa.

Nesse sentido, a Housefy une a vantagem dos dois lados. Os proprietários vendem de particular a particular mediante um pagamento fixo e contam com auxílio de especialistas nas partes cruciais do processo de venda, assim não precisam preocupar-se com documentação, divulgação e negociação.

Fazer o anúncio

Um bom anúncio de imóvel possui fotos profissionais e uma descrição detalhada. Esses dois elementos são imprescindíveis para o bom posicionamento do anúncio. Em relação à descrição, lembre-se que a publicidade deve valorizar todos os elementos do seu imóvel, tanto interna quanto externamente. Sempre ressalte os diferenciais, como uma piscina, a orientação solar, o fácil acesso a transporte público, etc.

Para destacar-se entre tantos imóveis à venda, o seu anúncio deve ser publicado na maior quantidade possível de plataformas imobiliárias. É ainda melhor se puder contar com destaques premium, que aumentarão a possibilidade de que o anúncio seja encontrado pelas pessoas interessadas em comprá-lo.

Receber as visitas

Se vai vender o seu imóvel, terá de receber os interessados para conhecê-lo. Primeiro, defina os dias que deixará a sua agenda para que os interessados possam reservar horário e visitar o seu imóvel.

No geral, os clientes não gostam de visitar apartamentos à noite, já que não conseguem ter uma visão real do imóvel. Se não tem disponibilidade de agenda durante a semana, então o ideal é que abra a disponibilidade durante os finais de semana para que as pessoas possam visitar o imóvel em momentos de luz natural.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of